This is a platform for User Generated Content. G/O Media assumes no liability for content posted by Kinja users to this platform.

Será Possível Cortar A Semana De Serviço Pra Só Um Dia?

Como três Dicas Simples Conseguem Destravar O Teu Inglês

Dentro desse enorme universo do marketing digital, que se expande ainda mais a cada dia, quem já aderiu ao Inbound Marketing tem uma vasto vantagem diante dos demais. Por fim, é uma estratégia que abrange uma grande gama de atividades para captar, convencer e converter leads de uma forma muito mais eficiente e em conta. Propriamente por essa “multidisciplinaridade”, o Inbound exige que os profissionais tenham conhecimento de inúmeras áreas do marketing - mesmo quando você tenha que ter um time completo e especializado para fazer cada uma destas tarefas. E é aí que surge uma pergunta contínuo: quais são as áreas que eu preciso entender? Que tipo de entendimento preciso ter?

Advertisement

O que deve ser prioridade? O melhor, claro, seria se aprofundar na superior quantidade de disciplinas possível. Estratégia, S.e.o. (otimização para motores de buscas), redes sociais, tema, design, email marketing… finalmente, tudo que está perante o guarda-chuva do Inbound. O Que Te Atrai Nesses Projetos? isto não é possível, selecionamos 5 áreas essenciais por ti focar e elevar ainda mais o grau do seu serviço. Áreas que todo “inboundeiro” (sim, você que faz Inbound!) deveria notar e se especializar! Logo em teu primeiro contato com o Inbound Marketing, com certeza você se deparou com uma expressão vinda do latim que passou a fazer porção do seu vocabulário diário.

  1. Seis Pensar positivo
  2. um Você faz o que deve ser feito, e só
  3. Qual a adequação atual à atividade exercida
  4. Fazer-se atravessar por pessoa “possuída por demônios”
  5. 1110 Estou mais perdido do que filho da puta em dia dos pais
  6. Valorize o networking
  7. Hiperatividade e acrescento excessivo de energia

Claro que estamos compartilhando das personas, este elemento fundamental para cada estratégia ser bem sucedida. Se você se considera um justificado “inboundeiro”, saber de cor e salteado - e de trás para frente, preferencialmente - como se cria uma persona é uma responsabilidade. É “APENAS” o que você precisa ter bem instituído para montar todo o seu planejamento e pôr as ações em prática. Mais do que isto: é o ponto de partida, o primeiro passo que devia oferecer sentido aos resultados que em tal grau espera. Quer exemplos desta relevância?

Advertisement

E o quantidade de vendas com este direcionamento poderá amadurecer 124% ( Visão 360º: O Poder Da Visão 360º No Relacionamento Com O Consumidor ). Apesar disso, muitos profissionais ainda não dão a devida relevância à constituição de personas. Tal que um estudo da ITSMA, desempenhado nos Estados unidos, aponta que apenas 44% das corporações B2B fazem uso de personas em suas estratégias de marketing.

No Inbound, todavia, isso é importante pro desenvolvimento da estratégia. Quanto mais informação você suspender pra perceber a tua persona, quanto mais você pesquisar e entrevistar teu público, maior será a assertividade de tudo que irá fazer mais adiante. Contudo cuidado para não esbarrar em alguns erros que até os mais experientes acabam cometendo.

Advertisement

Idealizar uma persona tão sublime que não existe. Com essa descrição correta, o teu serviço atingirá um outro patamar. O seu tema falará a mesma língua e tratará de assuntos significativas para o usuário, as mídias sociais terão o assunto e segmentação corretos, os emails conduzirão os leads da forma mais adequada até a conversão… e por aí vai!

Pra amparar a deixar tudo isto mais claro e eficiente, Rodrigo Souto, Gerente de Marketing Latin America da Hubspot, vem ao Brasil em dezembro pra palestrar no Go Digital 2016 - em Curitiba e em Aracaju. Ele irá tratar particularmente a respeito Inbound Marketing, como definir o centro a ser atingido (a sua persona!), a distribuição e divulgação do tema, a nutrição da campanha e as otimizações para a criação de resultados. Durante o tempo que isto, vai uma sugestão: o post quatrorze maneiras de usar melhor suas buyer personas feito pelo Rodrigo, que podes ser bem benéfico pra tua estratégia!

Advertisement

Apesar nesse termo fabricado por Sean Ellis neste instante existir desde 2010, e ser falado no exterior desde sendo assim, ele ainda é uma novidade e é o assunto do instante no Brasil no momento em que falamos em resultados no meio digital. Só isto imediatamente demonstra o quanto você necessita conhecê-lo pra potencializar as suas métricas. Antes de entrar concretamente no tópico, irei começar com algumas dúvidas. O que você entende como um hacker? Aquele que invade pcs e sistemas? Entenda Melhor E Amenize Esse Defeito! ?

Por explicação, um hacker é aquela pessoa que vai além dos limites previstos, “pensa fora da casinha”, se esforça e faz experiências para sair do espaço comum. Por isso, geralmente, acabam encontrando brechas na segurança de sistemas - todavia não obrigatoriamente são criminosos ou utilizam esse entendimento para alguma coisa fraco.

Advertisement

É alguma coisa parecido de quando se trata de growth hacking. Em razão de é uma técnica que consiste em localizar maneiras inovadoras, diferenciado dos padrões e conhecimentos imediatamente acordados, para obter um propósito. Por esse caso, fazer um negócio crescer e ter mais resultados! Desde o começo, no momento em que Ellis utilizou este termo pela primeira vez, o sentido de growth hacking ficou atrelado a procurar formas de amadurecer com grande potencial e de forma escalável.

Share This Story

Get our newsletter